Curso forma professores para o uso de metodologia de pesquisa educativa de opinião PDF Imprimir E-mail
Ação na Escola
Por Administrator   
Qua, 21 de Março de 2012 18:18

O curso, coordenado pela Professora Doutora Valéria Magalhães e pelo Professor Doutor Elie Ghanem, tem como objetivo formar professores da rede pública de ensino para utilizarem a metodologia Nepso (Nossa Escola Pesquisa Sua Opinião), de pesquisa educativa de opinião, como prática pedágogica para estimular alunos e alunas a questionarem a realidade que os cerca e a estabelecerem outra relação com a construção do conhecimento.

De acordo com Thaís Bernardes, coordenadora do Polo São Paulo do Nepso, essa parceria com a USP potencializa a troca de experiências entre diferentes atores educacionais. “O curso aproxima o professor universitário da escola pública e o professor da escola pública da universidade”, afirma.

No primeiro encontro, neste sábado (17), os participantes foram apresentados à proposta e à metodologia do curso e participaram de uma palestra com o tema “É importante que se faça pesquisa na escola básica?”, com a Profa. Dra. da Universidade Federal de Caxias do Sul e coordenadora do Nepso no Rio Grande do Sul, Nilda Stecanela.

Apesar de já estar em andamento, o curso receberá inscrições até o dia 28 de março. Para participar é necessário ser docente com regência na rede pública de ensino, preencher uma ficha (baixe aqui) e mandar para o endereço eletrônico: Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. , solicitando sua inscrição. (baixe aqui a programação completa).

A formação acontece aos sábados, das 9h às 16h, e vai até o dia 1º de dezembro. Os professores que concluírem o curso receberão certificado emitido pela USP e autorizado pela Secretaria de Estado da Educação.

Sobre o Nepso

Nossa Escola Pesquisa Sua Opinião é um projeto de trabalho realizado com escolas públicas de ensino fundamental e médio, em oito estados-polo: São Paulo, Rio de Janeiro, Pernambuco, Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Distrito Federal, Paraná e Bahia. Em 2004, iniciou também a disseminação para países da América Latina e Europa, estando hoje já na Argentina, Chile, Colombia, México e Portugal.

Resultado de parceria entre Ação Educativa e o Instituto Paulo Montenegro (instituto de ação social do grupo Ibope), o Nepso tem como objetivo estimular a formulação e a realização de projetos de pesquisa em escolas. O programa parte do pressuposto de que a pesquisa de opinião pode ter alto valor pedagógico, principalmente porque permite a elaboração de projetos de trabalho multidisciplinar, envolvendo alunos e professores, e cria oportunidades para a escola pesquisar aspectos importantes de sua realidade e de seu entorno.

Última atualização em Sex, 23 de Março de 2012 19:08
 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar