Acontece na Ação
Ação Educativa lança revista comemorativa de seus 15 anos PDF Imprimir E-mail
Ter, 24 de Novembro de 2009 15:36
Publicação conta história da organização e aponta para o começo de um novo ciclo.




Essa publicação marca um momento muito especial na história da Ação Educativa: a comemoração de seus 15 anos promovendo direitos educativos e da juventude e, mais recentemente, também os direitos culturais. É uma trajetória cheia de acontecimentos e transformações, mas que se fez também com continuidade. Dela emergiu uma identidade que inspirou uma máxima lançada em recente processo de avaliação institucional, a de que a Ação Educativa possui um “DNA”.

A metáfora do código genético surgiu em nossos debates, quando avaliamos que a organização tem um modo de fazer específico, um método que é coerente com princípios e valores que estão na raiz da Ação Educativa, desde os tempos do CEDI. Estes princípios e valores presentes no modo de fazer é que definiram a imagem pública e perfil político nos quais a organização se reconhece e é reconhecida.

A busca da qualidade na pesquisa e produção de materiais pedagógicos e de referência, o desenvolvimento e sistematização de metodologias participativas, a atenção aos temas emergentes na conjuntura e ao pluralismo de opiniões, a priorização da atuação em aliança com outras organizações e movimentos para incidir nas políticas públicas. São esses alguns dos elementos deste “DNA”. Tudo isso alicerçado pelo princípio da transparência e pelo compromisso com a democracia em todos os níveis, na gestão interna, na relação com nossos públicos, com participantes e parceiros de projetos, assim como nas instâncias da política institucional. 

Este DNA nos identifica com um campo político de organizações e movimentos que lutam pela ampliação da democracia com justiça social e garantia dos direitos humanos. Construindo essa força social, viemos enfrentando o desafio de nos reinventar para responder às mudanças na conjuntura, afirmando nossa identidade e procurando nos diferenciar frente à proliferação de organizações do chamado terceiro setor que surgiram no período, fazendo com que as ONGs, na cobertura da grande mídia, passassem muitas vezes de heroínas a vilãs, supostas responsáveis pelos desacertos na relação entre o público e o privado, estruturais na tradição do estado brasileiro.

Ao mesmo tempo, nesses anos, novas possibilidades surgiram e Ação Educativa foi provocada a dialogar com uma nova era, moderna, tecnológica e célere, em que surgem novas formas e ferramentas de fazer política, ao mesmo tempo em que novos atores entram na cena pública.

Compartilhamos a percepção de que estamos no limiar de um novo ciclo. Essa publicação resgata a história destes 15 anos já apontando para este por vir.

Nosso maior desafio foi contar essa história, com a qual estamos tão envolvidos pessoalmente, não a partir de um ponto de vista meramente institucional, mas como parte de uma história maior, relevante para todos os brasileiros: a história da constituição e efetivação dos direitos educativos, culturais e da juventude no país, dos debates e ações políticas que conformaram esse campo de lutas e conquistas sociais. Foi um bonito exercício de pensar a nossa razão de existir e nosso papel na sociedade.


Vera Masagão Ribeiro e Sergio Haddad

Faça o download da Revista de 15 anos da Ação Educativa


 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar