Ação em Rede
Redes e Juventudes realiza mapeamento de organizações juvenis em municípios do Nordeste PDF Imprimir E-mail
Por Administrator   
Qui, 09 de Fevereiro de 2006 21:00
Que motivos levam os jovens a atuarem em grupos? De que forma eles se organizam coletivamente? Quais os anseios e necessidades dos grupos juvenis? Com o intuito de responder a essas e outras questões, o Redes e Juventude vai desenvolver um mapeamento das organizações juvenis em alguns bairros de Salvador, Natal e Recife e em 17 municípios do interior dos estados do Ceará, Bahia e Pernambuco. A área a ser mapeada corresponde às regiões onde as organizações que compõem a Rede atuam.

A primeira etapa do projeto teve início nos dias 4 e 5 de fevereiro, com uma oficina de capacitação de pesquisadores realizada em Recife. A proposta envolve cerca de 10 organizações executoras (entre ONGs, fóruns e associações) e servirá de diretrizes para o fortalecimento destes coletivos e para o estímulo aos processos de participação autônoma e articulação juvenil. Quase todas as entidades executoras desenvolvem ações de mobilização social e, segundo a equipe organizadora do projeto, o mapeamento será importante para, a partir do reconhecimento dos diferentes níveis e formas de organização juvenil, provocar a articulação dos diversos grupos e coletivos a fim de conseguir atingir maior influência na proposição e monitoramento das políticas voltadas à juventude.

A metodologia da pesquisa será única em todas as regiões investigadas, possibilitando cruzamentos e comparações entre os achados das muitas áreas geográficas pesquisadas. A previsão é que a pesquisa de campo tenha início em março e o mapeamento seja finalizado em agosto. O Redes pretende realizar um seminário de apresentação dos resultados e lançar uma publicação sobre a experiência.

Confira abaixo a lista dos municípios a serem mapeados:


Sobre o Redes e Juventudes

É uma articulação em rede que reúne diversas entidades governamentais e não-governamentais que desenvolvem trabalhos com jovens e estão sediados, em sua maioria, no Nordeste do Brasil. Criado em abril de 2002, através de uma iniciativa da Fundação Kellogg para dar suporte aos projetos financiados, o Redes tem o objetivo de fomentar a participação juvenil na garantia de seus direitos, atuando principalmente nas áreas de Políticas Públicas, Trabalho e Renda (Economia Solidária) e Comunicação.

Site: www.redesejuventudes.org.br

Última atualização em Ter, 14 de Agosto de 2007 15:04
 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar