Observatório da Educação
Clubes de futebol paulistas podem ser punidos por permitir que adolescentes deixem a escola PDF Imprimir E-mail
Por Administrator   
Seg, 12 de Julho de 2010 15:07

Apesar de representar um avanço em relação à legislação federal, a lei estadual de São Paulo que responsabiliza os clubes de futebol pelo acesso à educação de atletas menores de 18 anos ainda não saiu do papel. Nove meses depois de aprovada, não houve punição ou sequer fiscalização da lei.

A lei diz que “Os clubes de futebol oficiais do Estado devem assegurar que estejam matriculados em instituição de ensino, pública ou particular, todos os jogadores menores de 18 anos com os quais possuam qualquer forma de vínculo, zelando pela sua frequência e aproveitamento escolar”. A pena vai de multa, de cerca de R$ 4.000, até a proibição do clube de disputar campeonatos da Federação Paulista de Futebol (FPF).

Leia o texto na íntegra no Portal do Observatório da Educação
 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar