Cultura
Atividade reunirá rappers brasileiros e grupo de hip hop de Burkina Faso PDF Imprimir E-mail
Sex, 30 de Abril de 2004 21:00

Após debate sobre a cena hip hop na África e no Brasil, rappers dos dois países se reúnem em um pocket show

No próximo dia 27 de junho, grupos de hip hop de Brasil e África se reúnem para um intercâmbio na Ação Educativa. Aproveitando sua visita ao Brasil, o Faso Kombat, grupo de hip hop de Burkina Faso, se encontra com grupos de São Paulo no Espaço de Cultura e Mobilização Social, a partir das 19h30.

“A idéia é que o Faso Kombat fale sobre a cena do hip hop no continente africano e o pessoal de São Paulo, sobre como é o movimento aqui”, explica Adriano José, produtor de eventos do Centro. Depois do debate, está previsto um pocket show em free style (na terminologia do hip hop, um show curto, de improvisação).  

Formado por Quedraogo Salif e Malgoubri David em 2000, o grupo africano mescla o hip hop à cultura burquinense. Seu primeiro álbum, lançado em maio de 2004, venceu o prêmio de melhor álbum no Hip Hop Awards burquinense do mesmo ano, quando também receberam prêmio de melhor rapper e o prêmio do público.

Em contrapartida à vinda do grupo africano, promovida pela Aliança Francesa, o grupo Z’AfricaBrasil será enviado à Burkina Faso para participar do Festival “Ouaga Hip Hop”, no mês de outubro. Será o primeiro grupo brasileiro a se apresentar no Festival, que reúne grupos africanos e europeus em uma programação que inclui música, dança, grafitagem, exibição de filmes e documentários. O encontro do dia 27 é aberto ao público, mais informações no telefone 3151-2333, ramal 166.