Ponto de Cultura
Confira os destaques da cultura da periferia no mês de junho PDF Imprimir E-mail
Por Administrator   
Qua, 06 de Junho de 2012 18:15

Junho chegou e com ele, as festas juninas que se espalham por toda a periferia e acabam revelando o lado caipira das quebradas. Para aproveitar a programação, fique de olho na Agenda Cultural da Periferia.

A edição deste mês traz o Arraiá das Pombas, festa junina que faz referência ao sertão brasileiro na trilha sonora, decoração, comidas típicas e barracas espalhadas pelo Instituto Pombas Urbanas, no dia 16; o Arraial de Heliópolis, com barracas de comidas típicas, brincadeiras e outras atrações, todas as sextas-feiras, sábados e domingos, das 20h às 5h; e o Sarau Junino com Trio Virgulino, no Centro Cultural da Juventude Ruth Cardoso, no dia 24.

Outra grande atração é o tradicional arraial de São Miguel Paulista, que acontece de 22 a 24 de junho, no CDC Tide Setubal. A programação traz grupos que resgatam músicas e danças populares, como fandango, jongo e congada. Há ainda quadrilha, orquestra de viola e comidas típicas.

Mas nem só de festa junina vive a cultura de periferia. No Hip Hop, o destaque do mês é a turnê de lançamento do primeiro álbum solo do músico Ba Kimbuta: Universo Preto Paralelo. No teatro, o Grupo Clariô, de Taboão da Serra, faz uma mostra com suas peças de repertório - Hospital da Gente, Urubu Come Carniça e Voa e Muribeca, no SESC Santo Amaro.

Já a comunidade do samba celebra o terceiro aniversário do Samba do Jardim Jangadeiro, roda que teve início em abril de 2009, inspirada nas comunidades dos bairros vizinhos. Este mês é também o aniversário do Sarau Elo da Corrente, que completa cinco anos de atividades, e uma das realizações é o curta-metragem “Sarau Elo da Corrente - Periferia Palavra Viva”, que celebra essa história e apresenta os personagens, versos e acontecimentos que são os combustíveis dessa quentura. A estreia será no dia 29, das 20h às 21h30, no Centro Cultural da Juventude Ruth Cardoso.

Acesse a Agenda Cultura da Periferia e veja outros rolês das quebradas.

Leia também:

Editorial: a periferia com jeitão caipira

Última atualização em Qua, 06 de Junho de 2012 18:23
 

Comentários  

 
0 #1 Anderson Kamura 08-06-2012 02:28
é muito bom ver toda essa efervescencia cultural da nossa periferia, tenhoum carinho todo especialpelo trabalho desenvolvido pelo Instituto Pombas Urbanas, a região de Cidade Tiradentes,é uma das mais carentes de São Paulo e ações culturais comoessa são benéfica para a comunidade.
abraços
Andersom
Citar