Câmara dos Deputados brasileira realiza seminário sobre Educação de Pessoas Jovens e Adultas PDF Imprimir E-mail
Seg, 23 de Março de 2009 21:00

Fonte: site do Fórum Internacional de Sociedde Civil
www.fisc2009.org
   
Evento, que contará com a presença do ministro da Educação do Brasil, debaterá documento base da CONFINTEA VI

No próximo dia 24 de março, das 9h às 17h30, acontecerá na Câmara dos Deputados brasileira o seminário “Alfabetização e educação de jovens e adultos na América Latina: Direito e desafio de todos”.

Impulsionado por UNESCO Brasil, Ministério da Educação do Brasil, Comissão de Educação e Cultura da Câmara dos Deputados e Fundação Santillana, recebeu apoio da Campanha Latino-americana pelo Direito à Educação (CLADE, uma das organizações impulsoras do FISC), do Conselho Nacional de Secretários de Educação (CONSED), da União dos Dirigentes Municipais de Educação (UNDIME), da Organização dos Estados Ibero-americanos (OEI) e da Editora Moderna.

Um dos destaques do seminário será o debate sobre a CONFINTEA VI, principal evento internacional sobre Educação de Pessoas Jovens e Adultas (EPJA), impulsionado pela UNESCO a cada doze anos e que será realizado pela primeira vez na América Latina, de 19 a 22 de maio. Às 10h40, após a cerimônia de abertura – da qual participará, entre outros, o ministro da Educação do Brasil, Fernando Haddad –, Timothy Denis Ireland, da UNESCO, apresentará o documento base da CONFINTEA VI. Em seguida, o Plano Ibero-americano de Alfabetização será o tema da apresentação de Ivana Siqueira, da OEI.

O educador peruano José Rivero também participará do seminário, com uma fala que leva o nome do seminário. Ao longo de vinte anos, Rivero foi especialista regional da UNESCO para a América Latina e o Caribe, e membro do Conselho Nacional de Educação do Peru de 2003 a 2008. Publicou vários livros sobre o tema da educação. O último, Educación y actores sociales frente a la pobreza en América Latina, foi lançado em outubro do ano passado, durante o III Fórum Social das Américas, na Cidade da Guatemala; a publicação foi promovida pelo Conselho de Educação de Adultos da América Latina (CEAAL) e pela CLADE, com apoio de DVV, TAREA e Oxfam NOVIB.

À tarde, haverá uma apresentação de experiências no campo da EPJA. Madeleine Zuñiga, coordenadora da Campanha Peruana pelo Direito à Educação, fará uma exposição sobre a diversidade cultural e linguística, relatando experiências de alfabetização bilíngue para mulheres indígenas falante do idioma quéchua no Peru e Bolívia, com enfoque na saúde reprodutiva. Vernor Muñoz, Relator Especial da ONU para o Direito à Educação, debaterá o tema da educação em contextos de privação da liberdade na América Latina.

Para finalizar o evento, será realizado um painel com as presenças de André Luiz Figueiredo Lázaro (secretário de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade do Ministério da Educação do Brasil), Francisco José Piñón (coordenador do seminário) e Vincent Defourny (representante da UNESCO no Brasil).
 
Veja site oficial http://www.brasilia.unesco.org/areas/educacao