Prazo de inscrições do prêmio Aprender e ensinar Tecnologia Social PDF Imprimir E-mail
Qui, 30 de Outubro de 2008 21:00
Concurso da revista Fórum e Fundação Banco do Brasil leva a discussão sobre soluções reaplicáveis de transformação social para as escolas públicas do ensino fundamental.


As tecnologias sociais têm mudado a cara de muitas cidades em todas as regiões do Brasil. Com produtos, técnicas e metodologias simples e reaplicáveis, desenvolvidas na interação com a comunidade, é possível encontrar soluções efetivas de transformação social. São idéias como as cisternas para armazenar água em regiões que convivem com longos períodos de estiagem. Ou transformar o bairro em escola, usando o salão da igreja e a quadra do centro esportivo para atividades educativas fora do horário de aula. E também transformar o resto de óleo da fritura em biocombustível para veículos a diesel com pequenas adaptações no tanque.
Com o objetivo de difundir o conceito e as práticas dentro das escolas públicas de todo o país, foi criado o Concurso Fórum e Fundação BB: Aprender e Ensinar Tecnologia Social. Cinco professores, um de cada região do país, serão premiados com uma viagem para o Fórum Social Mundial 2009, em Belém (PA). Lá, participarão de uma oficina para relatar a experiência. A idéia é incentivar professores a levar o tema da Tecnologia Social para a escola, com atividades junto aos estudantes.

O saber da comunidade
O conceito de Tecnologia Social é usado no terceiro setor e nas universidades há uma década, mas ainda é um princípio pouco familiar para muita gente. Assim, trabalhar o tema com educadores de todo país é uma escolha importante. “As tecnologias sociais partem do reconhecimento de um saber que está na comunidade e que nem sempre é visto como tal”, avalia Larissa Barros, secretária-executiva da Rede de Tecnologias Sociais (RTS). “Assim, essa iniciativa vai educar o olhar de professores e alunos para perceber as experiências desse tipo e fazer uma importante conexão”, acredita.
Segundo o presidente da Fundação Banco do Brasil, Jacques Pena, é relevante divulgar a terminologia e as experiências compreendidas no processo de desenvolvimento de uma determinada região. “A importância desse concurso é permitir que esses jovens saibam que um problema relacionado à energia, à água, à educação e à saúde podem ser resolvidos com a aplicação de uma tecnologia social”, completa.
Claiton Mello, gerente de Comunicação e Mobilização Social da Fundação Banco do Brasil, lembra da importância de se promover o debate nas escolas públicas, junto com os professores, para ampliar o alcance de soluções efetivas para problemas do cotidiano das pessoas. “A intenção é que isso ganhe espaço nas comunidades”, defende.
Para a revista Fórum, a premiação vem também fortalecer os elos com os educadores. “Parte significativa dos leitores da Fórum é de professores” , revela Renato Rovai, editor da revista. “Aliás, muitos nos contam que utilizam a revista em sala de aula. Nosso objetivo é justamente estreitar ainda mais essa proximidade, difundindo o conceito de Tecnologia Social, que sempre fez parte da nossa pauta”, lembra.
Ao final do Concurso, as propostas finalistas vão passar a compor um banco de metodologias para discutir Tecnologia Social na escola, disponível para consulta gratuita pela internet. Com isso, outros professores poderão se inspirar nas idéias dos colegas para tratar do tema com seus alunos.


Quem pode participar?
Professores da rede pública de ensino fundamental.

Como me inscrever?
As inscrições serão feitas exclusivamente pela internet.

Quais são as etapas da inscrição?
Até o dia 31 de outubro, no www.revistaforum.com.br/ts, você encontra o regulamento completo e o formulário de inscrição. Ao preencher seus dados, o professor garante uma assinatura da Fórum até fevereiro de 2009. Também recebe material explicativo sobre Tecnologia Social e onde buscar informações. Por e-mail, será enviada uma confirmação com seu número de inscrição e um link para continuar sua participação.
A partir daí, é criar uma proposta de atividade na escola, que envolva os estudantes e a comunidade para difundir os conceitos ou experiências de transformação. Você relata a sua idéia ao responder às perguntas: “Qual é o melhor caminho para apresentar o conceito de Tecnologia Social na sua escola? Por quê?” e “O que você propõe para envolver a comunidade escolar e a localidade onde atua no tema da Tecnologia Social?”.
Um comitê vai avaliar as propostas e selecionar dez educadores por região do país. Os selecionados vão ser chamados, então, a detalhar seus planos, respondendo a um questionário, de 11 a 28 de novembro.
A comissão voltará a analisar as respostas para definir os cinco vencedores, um de cada região.

Qual é o prêmio?
Viagem a Belém (PA) para participar do Fórum Social Mundial 2009 com transporte e hospedagem pagos, para cinco professores, um por região do país.

Onde encontro informações sobre projetos que usem Tecnologia Social na minha região?
A Fórum e a Fundação Banco do Brasil vão separar dicas e sugestões de livros, páginas na internet, documentários e relatos nas próximas edições da revista e no www.revistaforum.com.br/ts